sábado, 29 de dezembro de 2012

Adeus Ano Velho...


Nesse ano que se acaba...

Cometi muitos erros, chorei por quem não devia e ri com falsas amizades...
Confiei demais.

Disse"nunca mais" e voltei a fazer o mesmo.

Perdoei demasiado e CALEI-ME QUANDO DEVERIA TER FALADO...
E que o ficar calado, pode causar muitos danos, e que pode fazer com que a palavra de gente falsa e mesquinha, passe a valer muito mais do que a sua.

Que ninguém quer saber se tu estás bem, ninguém realmente se preocupa contigo, que na verdade fazem algo, quando convém, e que se te ajudar, um dia irá jogar isso na tua cara.

Seu tombo, não é um preocupação, e sim uma comemoração a quem só espera que tu caia, e que adora ser o primeiro a espalhar a sua derrota.


Descobri que tem pessoas que sabem mais da minha vida do que eu mesma, e que adoram cuidar da vida dos outros...

As pessoas mais próximas, são as que mais podem te magoar.
As pessoas mudam, o ser humano é difícil e nós mesmo somos complicados também.

O sucesso, é prejudicial a saúde de algumas pessoas, e que a alegria é motivo de irritação pra muitos por aí.

Abracei pessoas que nem sequer mereciam o roçar da minha pele, vi afastar-se quem jamais imaginaria um dia ver...

Me decepcionei com pessoas que jamais imaginei que me decepcionariam, aprendi a perdoar coisas que jamais perdoaria.

Aprendi que confiança é raro, e que a palavra de qualquer pessoa é mais importante que a "sua".
Muitas coisas mudaram...
Mas mesmo assim guardo em mim tudo o que de bom aconteceu...
E vou para 2013 muito MELHOR, com muitos aprendizados e com certeza muito mais forte! (yn)

quinta-feira, 20 de setembro de 2012


Agora eu estava aqui viajando, e me lembrei de como era maravilhoso as Integrações das Invernandas nos rodeios, e como é simplesmente emocionante a integração no ENART...

saudades de dançar...

Saudades do frio na barriga, ao estar no brete, se preparando para entrar, a emoção ao pisar no tablado e ver tanta gente esperando pra ver a gente dançar... a emoção de ter que sorrir e dançar quando na verdade o seu maior medo é a execução do passo, o medo de errar e todos perceberem o teu erro...

O espirito de equipe, em que todos tem o mesmo objetivo, dançar todos da mesma maneira, e torcer para receber um troféu... O troféu não é apenas um troféu, e sim simbolo do resultado do esforço de todos, o reconhecimento do nosso trabalho de meses, e as vezes até anos...

Há pessoas que não valorizam, que acham feio as invernadas... mas não imaginam a emoção o que é... e o quanto isso significa pra quem dança...

Por isso eu digo, tenho orgulho de ser gaúcha, amo minha tradição! #sougaúchasimsenhor ♥

sexta-feira, 24 de agosto de 2012

"Sabe essa garota que tá dançando lá na pista e você tá babando por ela, amigo? Minha ex namorada. Faz uns três meses que eu terminei com ela. Eu a traí todos os dias. E quando ela dizia que me amava eu ria. Sabe essas roupas coladas e esse cabelo pro lado que ela tá usando aí? Ela costumava usar uma camiseta rosa e um shorts, com o cabelo preso pra trás. Mas ela não conseguia ficar feia, eu só não sei porque nunca a disse isso. Ela era louca por mim. Me mandava mensagem de bom dia, depois me lembrava de amarrar os cadarços que eu sempre esquecia, colocava sempre na minha agenda os horários do meu dentista e sabe como eu retribuía? Zoava com meus amigos e ficava com umas que passavam de cabelo pro lado e roupa colada, assim, como ela tá hoje. Ela cuidava de mim todo fim da noite, mesmo que eu passasse o dia inteiro ignorando ela… Ela ainda ia lá, dizer que os anjos dela iam cuidar de mim. Era a garota mais grudenta, ciumenta, complicada e estranha que eu já tinha conhecido. Eu gostava mesmo era dessas aí, de ficar uma noite e me darem o telefone errado. Aí eu terminei com ela. Falei que ela era trouxa e burra por acreditar em mim. Dois dias depois, eu vi uma foto dela e chorei. Três dias depois, eu liguei pro celular dela e ela não atendeu. Quatro dias depois, eu fui na casa dela e ela disse que tava ocupada pra falar comigo. Cinco dias depois, eu não tive vontade de sair. No sexto, sétimo e no resto dos meses eu sentia falta dela todos os dias. Até que me puxaram pra uma balada, a mesma que eu ia pra ficar com essas meninas que não querem saber de mais nada a não ser delas mesmas e a encontrei aqui. Linda. Os olhos delas brilhavam. Eu fui falar com ela e ela ficou comigo. Achei que, dessa vez, eu podia tê-la nas mãos de novo, mas dessa vez, para valorizá-la. Pedi seu número do celular novo e ela me deu. Liguei no dia seguinte e a moça da padaria atendeu: Número errado. Chorei de saudade. Arrependimento. Receio. E de saber que a garota que eu ria, se tornou na garota que ria de mim. Pior, a garota que era minha, agora tinha um tanto de caras querendo ser dela e ela querendo aproveitar o tempo que perdeu. Eu fiz a garota dos meus sonhos ser o sonho de todos os garotos por aí. Eu a perdi. E sabe o que ela me falou no começo da festa? Que ela não era trouxa e nem burra de acreditar no amor que eu dizia sentir por ela. E sabe o que dói? Vê-la dançando, rindo e não se preocupando em nenhum momento em olhar pra cá, me ver babando por ela e chorando por nunca ter percebido o quanto ela era importante pra mim, antes...
SAIBA VALORIZAR QUEM TE VALORIZA !" 
(Autor (a) desconhecido (a))

Pensamento...



As vezes me pego pensando nas coisas que já passou, nos erros, acertos, perdas ganhos, tanta coisa que chego a ficar confusa, até mesmo tonta...


Normalmente a regra da vida é, fazer o bem, cultivar as amizades, família, o bom caráter  ou seja, ser o "Sr. Perfeição"...
Bom, sempre fiz tudo certo, sempre caminhei na linha, sempre fui taxada de careta (ainda sou), mas o que eu ganhei com isso, já passei por tanta coisa ruim, mas sempre me mantive forte, sempre acreditei que tudo que acontece tem um motivo, tem um "porque"...

Continuo sendo a mesma, continuo me divertindo, cultivando as pessoas que me querem bem, até quem não me quer bem, rezo todas as noites pra que todas as pessoas existentes estejam bem e protegidas...

Não sei mais o que é certo ou errado, mas por mais que "muitos por aí" não acreditem, continuo sendo a mesma "Fá caretinha", andando na linha, sempre tentando fazer tudo certinho...
Ainda não sei o que vou ganhar com isso, mas sei lá né, eu tento...

Minha única tristeza, é que este ano tive grandes decepções, mas "põe" grandes nisso, coisas que NUNCA ESPEREI QUE FOSSEM ACONTECER COMIGO, mas tudo bem né, a gente ergue a cabeça e toca pra frente, que dane-se o resto, não é mesmo?
Bom... as pessoas muitas vezes nos magoam, não imaginam o quanto, mas isso nos fortalece (pois é assim que quero pensar), espero ter de todas essas coisas uma grande lição de vida...

Até o momento, a única lição que tirei é que nesses momentos "descobrimos quem são os amigos de verdade" e quem "nos quer bem"...
Mas não desisto, sei que uma hora tudo se ajeita e sei que tenho pessoas com quem eu posso contar... e que um dia algo bom vai me acontecer...


Xô tristezas, rancor, más lembranças, sínismo, falsidades, xô todas as coisas ruins, pois só quero atrair coisas boas, as más que sejam jogadas ao vento...


Quero amor, alegria, paz.... quero paz no ♥


Bueno, tá aí meu desabafo...



Pra alguns vai parecer besteira, outros irão entender... Mas quero deixar um recado: AME, CULTIVE, MANTENHA... Pois uma hora isso tudo pode sumir em um piscar de olhos...



#FICAADICA